Personagem

O diorama retrata uma batalha clássica dos quadrinhos, então, vou somente pincelar um pouco sobre o histórico de cada um dos personagens

Homem-Aranha (Spider-Man em inglês) é o super-herói com maior sucesso da Marvel Comics. É um dos mais importantes e populares super-heróis das histórias em quadrinhos, séries animadas, filmes, jogos e outras formas de mídia. Suas revistas estão entre as mais vendidas do gênero no mundodécadas. Sua identidade secreta é Peter Parker. Foi criado por um dos mais bem-sucedidos criadores modernos de histórias em quadrinhos, Stan Lee, com seu grande parceiro Steve Ditko. Na época do início da publicação de Homem-Aranha no começo da década de 1.960, os heróis seguiam um padrão mais ou menos uniforme de rigidez moral e retidão, tanto em suas vidas normais quanto quando travestidos em seus alter-egos. O Homem-Aranha, contudo, foi o primeiro herói a ganhar dinheiro com o uso de seus poderes: Peter Parker vende fotos agindo como o herói para o Clarim Diário. Seus motivos, porém, são altruístas: ele ajuda a tia viúva e idosa a pagar as contas, principalmente com os remédios. É, portanto, um dos super-heróis mais humanizados das histórias em quadrinhos, o que o levou a um sucesso estrondoso e a uma competição direta de popularidade com ícones do nível de Superman e Batman, o Homem-Aranha foi ranqueado o mais popular entre os heróis.

Venom (já fiz outro review de uma peça do personagem, veja AQUI) é o nome dado a diversos personagens do Universo Marvel. O nome refere-se a todos (exceto o Homem-Aranha e as crias da criatura conhecida como Carnificina) os hospedeiros do simbionte alienígena que foi trazido à Terra pelo herói aracnídeo (durante o evento das Guerras Secretas). Desde sua chegada a nosso planeta, já teve uma série de hospedeiros. Acredito  que o retratado pelo diorama seja o mais famoso deles, Eddie Brock, o Venom original. Era um fotografo fracassado, que passou por uma humilhação ao ser exposto como fraude pelo Homem Aranha, quando isso aconteceu ele perdeu seu emprego, um dia, ao confessar suas mágoas na mesma igreja onde Peter Parker tentava se livrar da criatura e, ao sair do corpo do HomemAranha o simbionte se sentiu traído e frustrado, sentindo a angustia de Eddie Brock e a raiva que ambos sentiam da mesma pessoa, eles se fundiram se tornando o primeiro Venom, e foi um dos primeiros a saber a identidade secreta do Homem-Aranha. Por anos, perseguiu o herói, quase matando-o em algumas oportunidades. Por fim, acabou abandonado pelo simbionte, devido ao câncer que desenvolveu. Apesar de ter sido um paciente terminal da doença, resquícios do simbionte alienígena sofreram mutação e curaram o câncer, além de transformar Eddie no Anti-Venom, inimigo do Venom atual.

Mas vamos ao que interessa…

Detalhes da Peça

Embalagem: Embalagem no já consagrado padrão: caixa de papelão, isopor e papel manteiga envolvendo as peças para evitar que a pintura seja danificada. Nas partes frontal e traseira, temos a arte conceitual na qual a figura foi baseada, nas laterais, encontramos o logotipo da aranha que cada um dos personagens utiliza (um no lado esquerdo e outro no lado direito), na tampa, os nomes dos personagens em caracteres estilizados e, na parte inferior, as informações sobre o produto. Achei muito legal o fato da fita adesiva que sela o isopor ser personalizado com o logotipo do fabricante (não  posso ser leviano, tive a oportunidade de abrir mais algumas embalagens e constatei que em muitas delas, temos a fita adesiva comum, então acredito que isso deve ser relativo ao lote da figura). Em resumo: nenhuma grande novidade, uma embalagem como manda a etiqueta.

SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (1) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (2) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (3) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (4) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (5) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (7)

Escultura: gostei bastante da escultura. Muito dinâmica e com bastante detalhamento, o que pode vir a preocupar um pouco os colecionadores é com relação aos efeitos da  “leis da física” da mesma. A peça é composta basicamente de três (3) maiores blocos sendo: uma (1) base, um (1) Venom esculpido de maneira inteiriça e um (1) Aranha, também esculpido de maneira inteiriça. Pois bem, como as três peças se conectam, já que foram concebidas individualmente? Primeiro, o Venom é fixado a base de sustentação por um pino em seu direito, depois o Aranha é conectado ao Venom por meio de um pino em seu joelho direito que fixa-se no cotovelo esquerdo do Venom. A “emenda” entre as peças foi minuciosamente executada, não havendo vão que estrague a elaboração da cena proposta. Soma-se a isso, a teia (a qual é razoavelmente maleável) que você fixa saindo do lançador no punho esquerdo do Aranha, e encaixa-se com precisão no antebraço esquerdo de Venom, dando ainda mais dinamismo a peça. Vale comentar que, dentre todas as peçaslançadas pelo Iron Studios, essa é a primeira com essa “sensação de movimento” e o resultado final agrada MUITO.

SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (8) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (9) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (10) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (11)SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (15)SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (42)SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (44)

Pintura: disparado, o melhor trabalho de execução de pintura dos produtos do Iron Studioslançados até o momento. É notável a evolução nesse quesito, até mesmo quando tentamos comparar usando uma mesmabase“. Basta olharmos as fotos do Venom 1/10 da linha Art Scale e compararmos com esse Venom 1/6, o sombreamento melhorou consideravelmente (e acho até mesmo que isso é consequência da escala maior, que deve facilitar um pouco a vida dos artistas que elaboram a pintura). Confesso estar sempre em contato com diversos colecionadores – dos menos exigentes ao maischatos” quando o assunto é qualidade das peças – e um comentário que ouvi e li bastante de alguns deles é que, ao contrário do Venom, o Aranha acabou ficando com a pintura meio “chapada”, ou seja, faltou sombreamento, mas nada que desabone a peça, apenas um nível de busca incessante por perfeição que alguns colecionadores acabam atingindo em sua “elevação espiritual do colecionismo” (risos). Vi algumas customizações feitas com a peça, seja com a adição do sombreamento e outras mais ousadas, como a mudança do formato dos olhos (adotando o traço tão característico da fase imortalizada pelos desenhos de Todd McFarlane).

SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (12)SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (23)SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (29) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (30) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (34) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (35) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (36)

Articulações: A figura não possui articulações.

Acessórios: A figura não possui acessórios, porém, vou colocar aqui alguns detalhes sobre a base e a teia. A base representa com fidelidade o parapeito de um prédio de New York, com as clássicas figuras de pedra (que ficaram famosas na pele de gárgulas), nesse caso, temos uma tradicional águia, símbolo maior dos Estados Unidos. O efeito aplicado sobre a base é impressionante e lembra a textura de um bloco de concreto. A teia também recebeu especial atenção e apresenta as tramas  esculpidas, além dos nós ao longo da mesma.

SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (39) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (40) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (41) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (19) SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (20)SPIDER_MAN_VS_VENOM_BATTLE_DIORAMA_IRON_STUDIOS_TOYREVIEW (50)

Roupa/Vestimenta: uniformes tradicionais de ambos personagens, as fotos falam por si.

Ano de Lançamento e Fabricante: 2.015, Iron Studios.

Quantidade de peças produzidas: a tiragem produzida é de 400 peças.

Dimensões: 50,00 cm (H) x 34,00 cm (P) x 34,00 cm (D); 5,00 Kg.

Escala: 1/6.

Valor: o valor da peça gira em torno de R$ 750,00.

Onde Comprar: a figura utilizada nesse review nos foi cedida pelo Iron Studios pode ser encontrada em todas as lojas de colecionáveis em território nacional.

Video Review

Considerações Finais

Daqui a pouco vão começar a falar que estou puxando o saco do Iron Studios, mas em pouco tempo a empresa vem mostrando evolução e deixando os erros no passado (sem esquecer deles e usando os mesmos como aprendizado). A primeira peça dessa nova linha em escala 1/6 se mostra-se uma interessante alternativa para agradar os colecionadores de peças maiores, bem como aqueles que entraram no hobby do colecionismo por meio de escalas menores. A qualidade da peça é excepcional e o preço, cabe no bolso sem causar maiores estragos. Que venha o Magneto, pois eu, garanti a minha peça do cabeça de teia!

Galeria de Imagens

 

Leave a reply