Personagem

Jennifer Walters costumava ser simplesmente a dócil e tímida advogada prima de Bruce Banner (Hulk), mas quando Jennifer foi gravemente ferida por um tiroBruce fez a ela uma transfusão de seu próprio sangue irradiado pelos raios gama, dado que nenhum outro doador de seu grupo sanguíneo estava disponível (ou fora encontrado). O sangue radioativo desencadeou em Jennifer uma mutação assim como já havia ocorrido com seu primo, transformando-a na Mulher-Hulk (She-Hulk no original em inglês).

Inicialmente, Jennifer quando na forma de Mulher-Hulk tornava-se selvagem, porém, eventualmente conseguiu vir a manter o mesmo nível de inteligência que possuía quando estava em seu estado normal como Jennifer Walters. Rapidamente ela aprendeu a apreciar a confiança e a assertividade que vieram ao tornar-se a Mulher-Hulk, e após uma breve atuação solo, ela decidiu unir-se aos Vingadores (Avengers). Posteriormente ela também passou um breve tempo junto ao Quarteto Fantástico (Fantastic Four), substituindo o Coisa (Thing) que optara por ficar no planeta onde ocorreram as Guerras  Secretas (Secret Wars). Por fim, decidiu voltar a integrar os Vingadores e a equipe de Advogados da Jurisdição da Torre Blake (District Attorney Blake Tower).

Jennifer atualmente trabalha como advogada da divisão de leis sobre-humanas de uma empresa de advogados nova-iorquina chamada Goodman, Lieber, Kurtzberg, & Holliway. Agora podendo alterar entre suas duas formas de acordo com sua vontade, Jennifer segue redescobrindo a si mesma dado que muitas vezes ela possui pontos de vista completamente distintos quando em uma ou outra forma onde, por exemplo, quando na forma de Mulher-Hulk pronunciou-se publicamente como sendo a favor da Lei de Cadastramento de Super-Humanos (Superhuman Registration Act), enquanto que como Jennifer Walters, a mesma consegue compreender a opinião daqueles que são contrários a essa lei.

Detalhes da Peça

Embalagem: Assim como mencionei no review anterior da Black Cat (leia aqui) nas embalagens de estátuas produzidas pela Sideshow Collectibles, a embalagem é depapelão, com arte temática de acordo com o personagem. As peças vêm todas protegidas individualmente por um material similar a papel-manteiga e depois embalado em pequenos sacos plásticos. Por fim, todas as partes são encaixadas no isopor, propiciando a proteção adequada para esse material, o qual é consideravelmente frágil (resina cold-cast).

Escultura: A escultura está muito bem detalhada. Novamente falta clareza na embalagem do produto para nos informar qual o artista responsável por esculpir a peça. A personagem possui traços bem femininos que contrastam bem com a dualidade presente de sua super força e iminente brutalidade. Já ouvi muitas pessoas reclamando que ela deveria estar com a musculatura mais bem definida, mas não chego a considerar isso (a ausência dessa maior definição) como um ponto negativo. O cabelo chama a atenção devido ao seu volume, que simula como se os mesmos estivessem “ao vento”, emoldurando sua bem moldada boca (sem a presença de exageros). Dois pontos que chamam a atenção: o detalhamento dos coturnos (simulando costuras no couro e o passamento dos cadarços) e a qualidade da base, que dá a entender que ela pulou no chão, cravando seus pés no soloabrindo duas pequenas crateras. Um ótimo resultado final enaltecendo toda feminilidade e sexy appeal da personagem (até onde isso é possível).

Pintura: Assim como todas as demais estátuas da Sideshow Collectibles, a figura foi pintada a mão, e podemos dizer que a qualidade final está impecável (e ultimamente a Sideshow tem pisado na bola com a qualidade da pintura dos rostos, mas essa, ainda bem, passou ilesa). Com toda certeza a Sideshow teve que arrumar um fornecedor em larga escala de tinta verde para pintar essas peças, pois devido ao seu tamanho, muito verde foi necessário (em seu corpo, cabelo e olhos), cabe citar a escolha de tons de roxo para as luvas e extremos do “body” branco que a personagem esta vestindo. Aproximadamente 40% do corpo está coberta pelas partes em tecido, mas isso é algo que vamos falar mais adiante.

Articulações: Não possui.

Acessórios: A figura não acompanha acessórios. A exceção fica por conta da versão exclusive, que acompanha um segundo braço direito segurando um parquímetro (a versão estado-unidense do que aqui chamamos de talão de zona-azul) devidamente arrancado de uma rua qualquer de Nova Iorque. Essa opção contrasta bem a delicadeza do fato de ser uma personagem feminina, com a sua super força que propicia a ela arrancar uma barra de ferro enterrada em concreto e usar a mesma como uma arma, como se fosse da leveza de um simples cabo de vassoura.

Roupa/Vestimenta: Como é de se esperar em uma estátua Premium Format, a peça mistura o trabalho das estátuas em resina com partes em tecido, que visa trazer mais realismo (e poeira) à peça. Confesso não ser um dos maiores adeptos dessa mistura, mas tenho que admitir que o resultado final, impressione. Apesar de as únicas partes em tecido serem a calça (na corroxa e com elásticos nos extremos das pernas e o cinto (em couro) o visual ficou harmonioso, dando leveza à peça e propiciando um bom contraste no acabamento.

Ano de Lançamento e Fabricante: 2011, Sideshow Collectibles.

Quantidade de peças produzidas550 (versão exclusive, que acompanha um segundo braço direito com parquímetro) e 1000 (versão regular).

Dimensões: 52,07cm (H) x 31,75cm (P) x 20,32cm (D); 3,63 Kg.

Escala: 1/4.

Valor: na data de lançamento o valor da peça era de USD 284,99, porém, atualmente você consegue encontrar a mesma entre USD 300,00 e USD 600,00.

Onde Comprar: a figura utilizada nesse review foi adquirida em nossa loja parceira, a Toyshop Brasil.

Considerações Finais

Muitos vão achar que estou sendo tendencioso com relação as Premium Format, mas dastrês figuras da personagem já lançadas pela Sideshow Collectibles, essa novamente leva o páreo quando comparada as outras duas Comiquette (versão com roupa de advogada e versão selvagem). Se você é um fã dos personagens que sofreram mutações devido aos raios-gama, ou apenas um apreciador dessa beldade (como gostava de chamá-la o saudoso Jack Kirby), você decididamente precisa ter um exemplar dessa em sua coleção.

Galeria de Imagens

 

Leave a reply