Personagem

Lara Croft é uma personagem fictícia da série de jogos de videogame do gênero de aventura, Tomb Raider. O personagem criado por Toby Gard também apareceu em quadrinhos, romances e uma série de curtas de animação, e foi interpretada por Angelina Jolie em dois filmes. Inicialmente, o designer Toby Gard focou na criação da personagem principal que era essencialmente um clone de Indiana Jones. Quando este personagem foi considerado inaceitável, voltou sua atenção para um novo. Um fator que influenciou Gard a usar uma personagem do sexo feminino foi que ele percebeu que seus co-trabalhadores muitas vezes preferiam utlizar personagens femininas em Virtua Fighter. A personagem redesenhada foi inicialmente uma sul-americana chamada Laura Cruz. Ela acabou evoluindo para uma inglesa chamada Lara Croft. Seu nome foi escolhido a partir de uma lista telefônica. Seu nome completo é Lara Croft Mandy DeMonay.

Lara Croft quando tinha 9 anos de idade, sobreviveu a um acidente de avião na Cordilheira do Himalaia, onde a mãe dela foi dada como desaparecida. Depois de resistir a uma caminhada de 10 dias até Katmandu, Lara passou o resto de sua infância sendo criada pelo seu pai, o arqueólogo Richard Croft o Conde de Abbingdon. Aos 18 anos, depois da morte de seu pai, Lara herdou os bens da família se tornando a Condessa de AbbingdonLara é geralmente apresentada como uma inteligente, atlética e às vezes imprudente inglesa de origem nobre que viaja pelo mundo em busca de artefatos inestimáveis. Conhecida como arqueóloga e aventureira, ela frequentemente se aventura em antigas, e muitas vezes perigosas, tumbas e ruínas. Além de armadilhas e quebra-cabeças, Lara encontra uma variedade de inimigos, incluindo rivais, gangsters, animais perigosos (incluindo dinossauros), criaturas lendárias e seres sobrenaturais.

Chega de blá, blá, blá e vamos a análise, afinal, Lara Croft é uma mulher de peito, e não gosta de ficar esperando

Detalhes da Peça

Embalagem: Disparado, a menor e mais compacta embalagem de uma comiquette da Sideshow Collectibles a qual já tive a oportunidade ver / resenhar. Como sempre costumo comentar nos reviews de estátuas produzidas pela Sideshow Collectibles (sejam as Comiquettes ou as Premium Formats), não há muito como fugir a regra de “caixa de papelão”“isopor”, “espuma” e “sacos plásticos” protegendo as partes da peça. A caixa apresenta em sua frente uma fotografia da peça original, cercada por uma espécie de “pórtico” ou “mandala“, além de nos trazer o nome original da peça “Snow Day” (ou traduzindo livremente do inglês ” Dia de Neve“), na lateral direita e parte traseira, encontramos novamente mais fotos da peça, dessa vez com a adição de informações biográficas da personagem. O destaque da embalagem em si, fica por conta da lateral esquerda, a qual reproduz a arte originalmente desenhada por Adam Hughes, nos trazendo a já costumeira apresentação de personagens sensuais nos traços desse renomado artista. Vale mencionar que toda a coloração da arte da caixa nos remete a uma geleira.

Escultura: Sideshow Collectibles novamente é muito bem-sucedida na reprodução de um arte, originalmente em 2D, trazendo-a para o mundo das três dimensões. E, sejamos sinceros, trabalhar e trazer a vida a arte e toda sensualidade dos traços de Adam Hughes não é um trabalho muito fácil de ser executado, é necessário leveza e delicadeza nos detalhes. A personagem está repleta de curvas extremamente provocantes (para a felicidade dos tarados e pervertidos de plantão, nos dando a impressão de que Lara Croft passa horas e mais horas trabalhando seus glúteos em uma academiameninas, não fiquem bravas, mas vou postar uma foto de um ângulo que privilegiará os ditos, “machos“) e, depois da Mística (também desenhada por Hughes) considero como sendo esta a peça mais sensual de toda a linha de comiquettes baseada nos trabalhos deste artista. A qualidade da escultura das roupas, detalhes da pelagem do casaco, as botas (atenção especial para o detalhamento das solas), tudo foi executado com a máxima cautela, fazendo dessa uma peça primorosa. A base rouba a cena, contendo um nível de detalhamento absurdo ao reproduzir o bloco de uma geleira com todas as suas nuances e, é claro, todos os caixotes e armamentos necessários a uma expedição exploratória estão ali, fielmente e detalhadamente reproduzidos com enorme êxito. O pontofraco” (se bem que de fraco nada tem) é, em minha opinião, o rosto, o qual ainda não consegue transmitir com 100% de exatidão todo “sexy appeal” contido na arte de Hughes, talvez, muito mais por uma limitação de pintura, do que da escultura em si. A figura é composta por um total de sete (7) peças, sendo: basecorpo, espingarda, sub-metralhadora, lampião/lanterna, rabo-de-cavalo e um mapa (em papel de verdade).

 

Pintura: A pintura da peça está impecável. Rosto, roupas mas, mais uma vez, o destaque fica por conta da base, a coloração e transparências utilizadas para reproduzir o gelo são absurdamente realistas. A quantidade de “adesivos” nas caixas também impressiona por sua qualidade, reproduzindo com exatidão os selos adquiridos nas viagens prévias da expedição de Lara em outros países. Não é preciso mencionar que a pintura dos armamentos está perfeita e, sem sombra de dúvidas, a neve rouba a cena da pintura nessa peça. Com um realismo impressionante e, devidamente auxiliada pela qualidade da escultura, essa peça em muito supera – e em nada fica devendo – a qualidade da neve apresentada na comiquette de outra personagemresenhada por nós aqui no site, Psylocke.

Articulações: Não há (é uma estátua) e, por sinal, quase não há juntas aparentes na peça, de fato, parece que a estátua é feita de uma única peça (exceto pelos armamentos, os quais ficam soltos e podem ser apoiados na base, de maneira livre, de acordo com o gosto do dono).

Acessórios: Somente posso considerar como acessórios alguns itens que ajudam a compor a figura, sendo eles, a sub-metralhadora, a espingarda, a lanterna / lampião e o mapa.

Roupa/Vestimenta: As fotos falam por si. Botas, casaco e uma espécie de calçalegging” compoem o visual de nossa arqueóloga preferida (e que deve estar passando um tremendo frio nesse “Dia de Neve“).

 

Ano de Lançamento e Fabricante: 2010, Sideshow Collectibles.

Quantidade de peças produzidas: 550 (versão exclusive, a qual acompanha arte original autografada por Adam Hughes) e 1000 (versão regular).

Dimensões: 36,83cm (H) x 33,02cm (P) x 27,94cm (D); 4,54 Kg.

Escala: 1/5.

Valor: Na época de seu lançamento a mesma era vendida por USD 259,99 (no site do fabricante). Atualmente a mesma pode ser encontrada com seu preço variando entre USD 300,00 a USD 500,00.

Onde Comprar: a figura utilizada nesse review foi fornecida por nossa loja parceira, a Toyshop Brasil (vale a pena consultá-los sobre a disponibilidade e, caso haja, não se esqueça de solicitar seu cupom de desconto aqui).

Considerações Finais

Considero como sendo uma das maissexy” figuras já feitas tendo como base a arte de Adam Hughes. Uma peça mais do que obrigatória – e de rara beleza – seja para os fãs do game, ou para os apreciadores da sensualidade dos traços desse artista!

Galeria de Imagens

 

Leave a reply