Personagem

Vou “roubar” o histórico do personagem de outro review que fiz dele (veja AQUI).Homem de Ferro (Iron Man, em inglês) é um personagem de histórias em quadrinhos da Marvel Comics. Sua identidade verdadeira é a do empresário e bilionário Anthony (ou “Tony”) Edward Stark. O Homem de Ferro foi criado por Stan Lee em 1963, com projeto de Don Heck nos desenhos. A primeira publicação foi em Tales of Suspense #39 (história publicada pela primeira vez no bem Heróis da TV #100).

Tony Stark, o Homem de Ferro, é um cientista e empresário genial, entrou no MIT com 15 anos para agraduação em engenharia de controle e automação e com 19 anos recebe o mestrado em Física e Engenharia de controle e automação. Nunca faltou dinheiro para seus projetos, pois herdou a fortuna e os empreendimentos de seu pai aos 21 anos, quando este faleceu em um acidente. Dada a sua juventude, criou para si um estilo playboy bilionário. Essas características foram inspiradas no milionário americano da vida real, Howard Hughes.

Na versão inicial, durante a guerra do Vietnã, o inventor e industrial Tony Stark foi vítima de uma explosão de granada. Stark sobreviveu à explosão mas estilhaços do explosivo se alojaram próximo ao seu coração, ameaçando sua vida. Ele foi capturado e levado até o líder Wong Chu. Restavam apenas alguns dias de vida para o americano, e Wong Chu o forçou a criar uma poderosa arma. Tony não criou uma arma e sim algo que o mantivesse vivo e permitisse derrotar os captores. Preso com ele estava outro gênio, o professor Ho Yinsen. Stark revelou seu plano ao professor e Yinsen o ajudou.

Quando os homens de Wong Chu se aproximaram, o velho professor pegou uma metralhadora e foi fuzilado. Foi o tempo suficiente para que Stark se recuperasse e se acostumasse a usar a armadura que criaram. O Homem de Ferro enfrentou os guerrilheiros e os derrotou. Sua armadura resistia aos disparos contra ele. Wong Chu tentou fugir e o Homem de Ferro incendiou o galpão de munições fazendo com que a explosão o matasse. Wong Chu foi morto e os prisioneiros libertados. Desde então Stark desenvolveu novas versões de sua armadura e adotou as cores vermelho e dourado como as padrões da armadura. Com o traje cada vez mais aperfeiçoado, Tony Stark passou a atuar como super-herói,combatendo toda a frota de inimigos dos Estados Unidos.

No começo de suas atuações, e para que ninguém desconfiasse, Stark espalhou o boato de que o Homem de Ferro era seu guarda-costas. Nas aventuras dos anos 70 e 80, era comum heróis, vilõescoadjuvantes do Universo Marvel se referirem ao Homem de Ferro como “o lacaio de armadura“. Apenas seu motorista, Harold “Happy” Hogan, e sua secretária, Virginia “Pepper” Potts, sabiam da identidade secreta de Stark.

Ainda na versão original, Tony Stark colaborava com as forças armadas americanas, desenvolvendo armas e máquinas com o objetivo de usá-los na Guerra Fria. Seus inimigos frequentes eram os comunistas (russos, asiáticos ou latino americanos: pessoas que defendiam o comunismo/socialismo). Enfrentavam o Homem de Ferro rivais tecnológicos como o Dínamo Vermelho (ou Escarlate) e o primeiro Homem de Titânio. Ou espiões especiais como a Viúva Negra e o Espião Mestre. Duramente atacado na época da reação à Guerra do Vietnã, amenizou sua postura legal.

A Evolução da Armadura de Ferro – A armadura era baseada na então recente tecnologia dos transístores, que as vezes eram chamados de “transístores miniaturizados“. A principal arma era chamada de “raio repulsor“, expelido das palmas das mãos da armadura. Logo depois das primeiras histórias, Stan Lee ouviu opinião de alguns empregados da Marvel e resolveu tornar a aparência do herói mais agradável: mudou a cor da armadura para dourado, passando o Homem de Ferro a ser chamado durante algum tempo de “O Vingador Dourado.

As constantes inovações tecnológicas levaram o traje a ser sempre modificado em sua aparência. Dos transistores iniciais, ele agora se baseia em chips e nanotecnologia. Várias versões da armadura foram criadas para situações específicas, como uma versão espacial, e outras para fins de espionagematuações submarinas sob grande pressão. Houve duas bem específicas: uma gigante, usada para caçar o Hulk; e outra confeccionada especificamente para funcionar com a energia de uma pedra Asgardiana. Em 2005, a armadura do Homem de Ferroestava em sua 49ª versão, apesar de que muitas das versões anteriores apresentavam apenas pequenas alterações. Em 2008 foi alterada novamente, para que no filme aparecesse reluzente.

Seu traje possui vários aspectos tecnológicos. A armadura é a testemunha da genialidade de seu criador. A parte interior é revestida de titânio com ouro, sendo enriquecida por um campo magnético.Geralmente, ela é guardada dentro da sala executiva de Stark, num compartimento secreto. Possui diversos equipamentos (computador de navegação, diversos tipos de sensores, sistemas de iluminação, emissores de pulso eletromagnético, sonar, disruptor sônico, compartimentos de reserva de hidrônio), entre muitos outros apetrechos. A maioria dessas habilidades não estavam presentes no traje original do Homem de Ferro, datado de 1963. Após a injeção do vírus Extremis, Tony Stark ganhou vários novos poderes: força e velocidade sobre-humana, e com um dos upgrades que ele fez nele mesmo, pode se conectar em qualquer rede, incluindo satélites, celulares, etc., ou seja, ele “enxerga” com a mesma precisão de um satélite.

FonteWikipedia

Detalhes da Peça

Embalagem: A parte frontal apresenta uma arte da armadura Mark 42, a qual ficou mundialmente famosa por aparecer no filme Homem de Ferro 3. Nas laterais e parte traseira, temos imagens reais da peça. Toda a caixa é em tons que remetem as cores da armadura e com detalhes que lembram a interface J.A.R.V.I.S.. A caixa – e figura – são extremamente leves e seguem o padrão da Kotobukiya para as figuras da linha ArtFx: caixa em papelão com blister moldado em torno da figura, fixando e protegendo muito bem cada uma das partes que compõem a peça. Como vocês podem perceber nas fotos, fui “agraciado” pelos ótimos serviços dos correios que deram uma “leve amassada” em uma das laterais da caixanada que comprometa a figura (o que comprova a eficiência do modelo adotado). De modo geralgostei muito do resultado final dessa embalagem da Kotobukiya.

IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (1) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (2) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (3) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (5) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (6) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (7)

Escultura: A pose escolhida para retratar o personagem é extremamente dinâmica, onde ele está executando uma espécie de recuo, deslizando de costas sobre a água, levemente curvado para trás, com o braço direito em riste e reator pronto para disparar contra um possível oponente. Os detalhes da armadura foram reproduzidos com fidelidade e a base, chama bastante atenção pela sensação de “movimento” da água.  A peça é composta de nove (09) partes, sendo: uma (01) parte inferior do corpo com cintura e pernas; um (01) dorso com cabeça; um (01) braço direito; um (01) braço esquerdo; duas (02) ombreiras; uma (01) tampa para a parte traseira da armadura, onde ativamos o efeito de iluminação dos reatores e olhos; uma (01) base e um (01) receptáculo para a parteelétrica“. Como sou horrível para fazer “poses” com figuras de ação, a pose escolhida para a peça veio bem a calhar, sendo uma ótima opção para os desprovidos de talento com action figures, assim como eu. Uma característica interessante da linha ArtFx é o que o fabricante chama de “snap fit“, o que, nada mais é, do que um sistema que permite fixar as partes, umas nas outras, de maneira bem firme, sem a necessidade de cola (ou dos arriscados ímãs da Sideshow Collectibles). Excelente trabalho da Kotobukiya.

IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (8)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (9) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (10) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (11) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (12) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (26)

Pintura: Talvez uma das coisas que eu ainda ache que acabam por ser superiores em uma figura de PVC, frente a uma de resina, é a qualidade da pintura. Como o material é, em muitas vezes, injetado já na cor do personagem, o acabamento final tende a ser menos “desastroso”, com menor percentual de falhas, borrões e pisadas de bola. As cores estão muito fiéis a armadura apresentada no filme, com detalhes respeitados nas partes em vermelho e prata, todas elas, reproduzindo muito bem o efeito de “metal“. Um dos pontos fortes da pintura, em minha opinião, é o efeito da água, reproduzindo a transparência e a parte com a “espuma” do movimento da água, com maestria. Não deixou a desejar quando comparada a um Hot Toy

IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (15) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (22) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (27) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (28) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (32) IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (56)

Articulações: Não possui.

Acessórios: A figura não acompanha acessórios.

Light Up: Outro ponto forte – e obrigatório em uma figura do Homem de Ferro – da peça e, basicamente, não tinha como errar. Iluminar os reatores (mãos,peito e olhos), simples, eficiente e muito bem executado. A iluminação é feita em luz branca e alimentada por 3 pequenas baterias. A parte elétrica não é “embutida” na peça, sendo acoplada dentro do vão entre o peito e a cintura. Na parte central das costas, temos um pequeno interruptor para ligar e desligar a iluminação, o qual fica muito bem escondido com a fixação de uma placa que se integra ao desenho da armadura, passando facilmente sem ser notada. Minha crítica aqui fica por conta do reator da palma da mão, o qual achei que a luz ficou “fraca” (mas pode ser devido a uma bateria velha). Ahhh não posso esquecer de mencionar… a iluminação pode ficarcontinuamente acesaou ativada por som”.

IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (43)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (39)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (42)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (40)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (48)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (47)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (46)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (34)IRON_MAN_MARK_42_ARTFX_KOTOBUKIYA_VIDEO_REVIEW_TOYREVIEW.COM (33)

Ano de Lançamento e Fabricante: 2013, Kotobukiya.

Quantidade de peças produzidas: a tiragem não foi divulgada pelo fabricante.

Dimensões: 35 cm (H) x 27 cm (P) x 25 cm (D); 1 Kg.

Escala: 1/6.

Valor: atualmente o valor da peça gira em torno de R$ 700,00 a R$ 1.000,00.

Comprar:  a figura utilizada nesse review nos foi presenteada pela Oscartoys Colecionáveis.

Video Review

Considerações Finais

Não tenho muito o que falar sobre o personagem, é chover no molhado, já a figurasurpreende, e MUITO! A qualidade da reprodução dos detalhes, o efeito de iluminação, pintura, pose e preço fazem dessa peça um sensacional escolha para quem gostaria de ter uma figura do famoso herói e não quer dispor da quantia a ser paga por um Hot Toy. Mais do que recomendada!

Galeria de Imagens

 

Leave a reply