Personagem

Acho interessante começar explicando um pouco sobre esse novo universo

O Tribunal dos Mortos…

A guerra entre o Paraíso e o Inferno tem se intensificado por tempos imemoriais, um conflito selvagem ardendo com uma fúria destrutiva que ameaça um dia consumir toda a criação. Apenas a Morte se ergue entre essas forças cataclísmicas, posicionando-se como um incomum arbitro das almas dos homens – uma fonte de energia utilizada para alimentar as glutonas máquinas de guerra em ambos os lados desse interminável embate.

Buscando trazer equilíbrio ao pós-vida, a Morte reúne o Tribunal dos Mortos, preenchendo o Submundo com as almas que ela desviou de seu destino celestial e as remodelou de acordo com sua própria visão. Essas criações se tornaram sua Rainha. Seus Generais. Seus a Assassinos. Seus Espiões. E apesar desse Tribunal estar dividido entre as facções do Espírito, Ossos, e Carne, permanecem unidos contra as forças destrutivas do Paraíso e do Inferno. Junto, o Tribunal dos Mortos deve… Erguer-se, Conquistar, Governar!

A Coleção de Estátuas…

Vou traduzir aqui uma carta aberta do Diretor Criativo da série, Tom Gilliland:

Amigos e almas companheiras,

É com imenso prazer que nós compartilhamos o Tribunal dos Mortos com vocês.

Por algum tempo me pareceu que esses personagens nunca deixariam o profundo confinamento de minha própria cabeça, muito menos o nosso estúdio. Agora eles foram deliciosamente exorcizados, não apenas pelo esforço continuo de contar uma história, mas como trabalhos de arte na coleção de figuras Premium Format da linha “Court of the Dead” (“Tribunal dos Mortos”).

Gethsemoni31

Trazer esses personagens para uma realidade tridimensional foi um estágio recompensador no desenvolvimento realizado nos estúdios da Sideshow Collectibles. Cada um dos membros habitando o mundo de fantasia do Tribunal com suas intrigas, desilusões, e guerra, tudo foi concebido para tirar o maior proveito das ferramentas criativas do arsenal em nosso estúdio.

Queen_Concept_4

Do conceito a produção, os artistas em nosso time de escultores, na pintura, e os desenvolvedores das vestimentas, todos eles tiveram a oportunidade de trazer o seu toque pessoal e impressões conforme os projetos iam tomando forma. O que se revela nessa nova coleção é uma das mais genuinas representações já feitas até esta data, uma vez que elas saíram diretamente de nossas cabeças para vocês.

Queen_Concept_10

Estamos ansiosos para compartilhar com vocês o aparentemente sombrio mundo do Tribunal dos Mortos, e esperamos que você se Erga, Conquiste, e Governe.

– Tom Gilliland, Diretor Criativo

 As Facções do Submundo…

A lealdade toma diversas formas dentro do mundo diverso dos Mortos. Amizades, negócios, colegas. É um mundo movido por ambas paixão e lógica, por lealdade e traição. E como tal, não limitações para o que pode vir a unir dois do povo da Morte. Mas, ainda que esses laços forjados possam ser profundos, há algo maior. Um modo de pensar que define cada uma das almas, e por sua vez as remodela conforme eles se juntam a essa nova ordem. Osso. Espírito. Carne. Estas são as Facções do Submundo, e juntas elas formam o equilíbrio que a Morte espera trazer para todas as coisas.

“A Carne é fraca, o espírito é desordem. Apenas os Ossos são a verdade.”

Não há nada mais puro do que o caminho dos Ossos, pois os Ossos são estrutura. Ossos são ordem. Ossos são verdade. Eles são a expressão final da convicção e, aqueles que se devotam a seu estudo sabem que eles são os verdadeirosFilhos da Morte”, uma ordem que é incompromissável pela fraqueza do desejo ou da indecisão. No coração da Facção dos Ossos está o Conselho da Osteomancia, uma organização composta por acadêmicos, inquisidores e juízes do reino. E, embora esses seres poderosos possam parecer cruéis para aqueles que destacam para investigação, é importante lembrar que o Conselho age somente com interesse no que é melhor para o Submundo e suas leis.

“A Carne sente. A Carne evolui. A Carne vive.”

Aqueles que são atraídos para a Facção da Carne não são famosos por sua paciência, pois os seguidores da Carne são levados a se mover rapidamente e com força contra qualquer problema em um esforço para encontrar uma solução. E se por acaso a solução não se apresentar imediatamente? A carne muda. A carne se adapta. Os discípulos dessa ordem irão colocar de lado crenças e ideais que não se provarem práticos, tudo a favor de um curso mais progressista. Para os seguidores da Carne, somente o agora existe.

“Antes da vida há o espírito. Depois da vida há o espírito. Pois o espírito é eterno.”

Para aqueles que seguem a Facção do Espírito, não existem fronteiras entre os reinos, nenhuma barreira entre o Paraíso, Inferno e o plano mortal – apenas onde e quando a mente volátil do espírito precisa estar. É um caminho perigoso a ser seguido, pois é muito fácil perder-se por entre os vastos oceanos de realidade distorcida que cercam o Submundo. Devido a aparente natureza desorganizada do Espírito, muitos no Tribunal subestimam o real alcance dessa Facção. Em realidade, existe uma maior predisposição aos discípulos por seguirem o caminho do Espírito, em oposição a austeridade da Facção dos Ossos ou o caminho, sempre mutável, da Facção da Carne.

Gethsemoni, a Rainha dos Mortos…

“Este é meu domínio. Tudo dentro dele – da mais baixa das almas, até os mais poderosos senhores – serve a mim.”

A primeira criação da Morte, Gethsemoni, foi forjada diretamente da carne crua, sua mente se uniu por meio do subconsciente coletivo da humanidade e, como tal, sua forma ecoa as expectativas e anseios dos vivos. Linda e perfeita para ser apreciada, essa residente do reino das sombras lampeja como uma joia na escuridão. Mas esteja avisado – o semblante da Rainha dos Mortos não é nada além de uma distração. Seu humor volátil e sua ambição sem restrições fazem dela uma perigosa jogadora no Tribunal dos Mortos, esta cuja lealdade a seu rei é muitas vezes questionada… mas somente nos mais aterrorizados sussurros.

Queen_Concept_9

Dotada de uma beleza inigualável, poder surpreendente, e um talento singular para o macabro, eis a Rainha em toda a sua glória, envolta em trajes extravagantes e coroada com os ossos coaxiais da própria Morte (se você não percebeu a semelhança, são os ossos que formam a região do púbis e quadril), enfeitada com adornos condizentes a sua alta posição. Dançando sob as vestes da Rainha estão criaturas fantasmagóricas criadas por ela própria, funcionários horríveis e leais a Rainha e todos os seus caprichos e, portanto, a combinação contratual perfeita para o Tribunal dos Mortos.

Queen_Concept_3

Membro da Facção da Carne, a Rainha dos Mortos serve ao Tribunal com um propósito duplo – como uma regente, ela governa no lugar da Morte durante as longas ausências de seu Mestre. A maioria dos habitantes do Submundo estaria satisfeito com esse grau de autoridade, mas não é assim com a primeira cria da Morte. Como a regente governante da Facção da Carne, Gethsemoni possui um nível de poder e influência inigualável por qualquer outra Facção. O toque da Rainha pode ser visto na maioria das criações do Submundo. E dessas criações que retornam e se afiliam a Facção da Carne, não se pode duvidar de sua lealdade – pois a mesma é absoluta e inabalável.

Queen_Concept_8

Acredito que o nome da personagem seja uma corruptela do nome Gethsemane (que pode ser traduzido, porcamente, como “prensa de óleo”), um jardim que ficava aos pés do Monte das Oliveiras em Jerusalém, o qual ficou famoso como o local onde Jesus rezou e seus discípulos dormiram na noite da véspera de sua crucificação.

Detalhes da Peça

Embalagem: a Sideshow parece que acordou e resolveu dar uma atenção especial a essa sua nova linha (sabe como é, “prata da casa“). Na parte frontal e nas laterais, temos a arte conceitual da personagem (em primeiro plano e com acabamentoenvernizado“), em segundo plano temos o símbolo da franquia com os dizeresRise, Conquer, Rule” (Erga-se, Conquiste, Governe) e, mais apagado ao fundo, os “ghouls” que ficam aos pés da personagem. Na parte traseira, um breve descritivo sobre a personagem. Na tampa, encontramos a logomarca da franquia e na parte de baixo, somente as informações burocráticas, copyrights e numeração da peça. Como de costume nas estátuas da Sideshow Collectibles, temos o famoso isopor, moldado na peça, com nichos específicos para cada uma das partes. As peças vem embaladas individualmente em pequenos sacos plásticos, sendo depois as partes encaixadas no isopor,propiciando a proteção adequada para o material da estátua (resina cold-cast). Nada fora do normal, exceto pelo fato de que a caixa é extremamente compacta (posso estar cometendo um exagero, dado que minha última referência de caixa de uma Premium Format foi a do Apocalypse – veja AQUI).

GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (1) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (2)GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (4)GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (5) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (6) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (7) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (8)

Escultura: dentre os muitos reviews que fiz em estátuas de diversos fabricantes, posso afirmar que essa figura da Sideshow está com detalhes impressionantes em sua escultura. O Diabo mora nos detalhes, e essa peça está repleta deles. Não vou ater minha atenção apenas as tentadoras curvas da Rainha (ou aos maravilhosos pés dela), mas vou deixar aflorar o “carnavalesco” que existe em mim e comentar sobre todos os adornos e adereços que ela usa (e não são poucos). Passando pela sensacional coroa de ossos (feita da bacia da Morte), os pequenos sinos/guizos pendurados nessa mesma coroa estão cheios de detalhes minúsculos (além das fitas que caem da coroa). Os braceletes, pulseiras, anéis, brincos, tornozeleiras, sutiã e calcinha (ambos feitos de ossos)… tudo, absolutamente tudo está esculpido com enorme delicadeza e precisão. A base foi bem elaborada, com pequenas joias e, por fim, os dois pequenos servos que são totalmente disformes e bizarros, contrastando enormemente com a beleza da Rainha. Uma das esculturas femininas mais bonitas que vi, talvez desde a Mística Comiquette (veja AQUI). A figura é esculpida de maneira inteiriça, sendo composta de quatro (5) partes: um (1) corpo, um (1) ghoul, um (1) corpo de ghoul, uma (1) cabeça de ghoul e uma (1) base (que não é maciça ou de resina, acredito que o material seja PVC, deixando a peça BEM mais leve).

GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (12) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (13) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (14) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (15)GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (17) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (18) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (48) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (103) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (104)GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (152)

Pintura: a grande vilã de muitos dos últimos lançamentos da Sideshow Collectibles. A fabricante, outrora conhecida por trabalhos primorosos na qualidade da pintura de suas peças viu, com o aumento da quantidade de lançamentos (com tiragens cada vez maiores), uma redução abrupta no seu padrão de qualidade. Os colecionadores já estavam quase perdendo a fé quando viam as fotos promocionais e depois recebiam produtos com pintura de qualidade duvidosaQUASE… eis que a Sideshow nos surpreende com uma pintura QUASE impecável. A tonalidade da pele, a maquiagem, as tatuagens tribais espalhadas pelo corpo da personagem, os ossos da coroa, do sutiã e da calcinhatudo QUASE perfeito. Digo isso pois vi dois pontos que me desapontaram bastante: as unhas dos pés (que estão claramente pintadas de maneira errada, sem preencher as margens delimitadas pelo próprio trabalho de escultura) e os olhos, sim, eles de novo! Apesar de já menos estrábicos do que os últimos lançamentos, esse vem sendo um dos maiores (e constantes) erros de pintura da Sideshow. Abre o olho chinesada! Ahh, quase me esqueci de mencionar o efeito de pintura nas gemas/joias da base, que dão a impressão de serem de sangue.

GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (20)GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (23)GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (37) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (38) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (47) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (57)GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (153)

Articulações: A figura não possui articulações.

Acessórios: A figura não possui acessórios.

Roupa/Vestimenta: Acho que me excedi e acabei por comentar bastante sobre a vestimenta da personagem, lá atrás no tópico da escultura. Como o conceito de figuramixed-mediaconsiste na utilização de materiais diversos (resina, tecido, metais), a nossa Rainha seguiu a etiqueta e apresenta um pouco de cada um deles. Além das partes esculpidas como os adornos da coroa, a própria coroa em si, brincos, e os ossos que recobrem sua púbis e seios, ainda encontramos detalhes em metal (uma corrente), complementando o sutiã e um manto/saia em tecido, que me lembra algum tipo de tecido do antigo Egitoimpossível o traçar um paralelo com o visual de outra Rainha, a dos Condenados, da série de livros da escritora americana, Anne Rice). Essa saia, acaba sendo uma enormedesmancha-prazeres” pois esconde os belos “atributos” da Gethsemoni, mas ao mesmo tempo, trás todo um ar profano por esconder os ghouls embaixo delaafinal, quem não queria se esconder ali?

GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (28)GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (131) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (135) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (136) GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (139)

Ano de Lançamento e Fabricante: 2015, Sideshow Collectibles.

Quantidade de peças produzidas: 3.000.

GETHSEMONI_THE_QUEEN_OF_THE_DEAD_PREMIUM_FORMAT_SIDESHOW_COLLECTIBLES_TOYREVIEW (155)

Dimensões: 54,61 cm (H) x 20,32 cm (P) x 12,70 cm (D); 6,8 Kg.

Escala: 1/4.

Valor: na data de lançamento o valor da peça era de USD 379,99.

Onde Comprar: a figura utilizada nesse review foi adquirida diretamente nos EUA, porém vale a pena consultar nossas lojas parceiras.

Vídeo Review

Considerações Finais

Serei tendencioso (sim), pois sou viciado em figuras de monstros e macabras. A mistura de profano e sexy, a dualidade entre beleza e maldade, tudo isso se faz presente nessa figura. Essa série própria da Sideshow talvez venha a se provar como uma redenção das últimas pisadas de bola da fabricante (ou seria um ode aos velhos tempos?). Não vejo a hora de ter essa série exposta em minha casa. Que venham mais e mais lançamentos de qualidade. Ponto para a ousadia da Sideshow!

Galeria de Imagens

 

Leave a reply