Em 2013, mais de cem mil pessoas passaram pelo Brasil Comic Con 2013, realizado juntamente com a décima edição do Anime Friends, maior evento de cultura pop da América Latina. Agora, fãs e profissionais de quadrinhos, cinema, videogame e séries de TV têm uma oportunidade ainda melhor de ficar frente a frente com seus ídolos e por dentro de todas as manifestações culturais contemporâneas: o Brasil Comic Con ganhou vida própria e, este ano, aconteceu nos dias 15 e 16 de Novembro, no novíssimo Centro de Eventos Pro Magno, na Zona Norte de São Paulo.

Obviamente, a ToyReview compareceu aos dois dias do evento (especial agradecimento ao convite feito por Caio Matta da Rosa Arrais Comunicação)para conferir e compartilhar suas impressões sobre os 48 mil m² exclusivamente dedicados ao universo pop. Inspirado nos grandes eventos do gênero dos EUA, a segunda edição do Brasil Comic Con reuniu atores, diretores, roteiristas, dubladores e demais profissionais do setor e, durante dois dias, foi palco de palestras, apresentações, troca de experiências, enfim, ponto de encontro da indústria do entretenimento e dos fãs da cultura pop.

Vamos começar com um breve vídeo do evento! (tosco e mal editado)

Vamos ao que interessa…

Acho interessante começar falando da significativa melhoria na infraestrutura da feira (especialmente quando comparamos com a arena do Anime Friends – veja aqui), tudo muito limpo e organizado, banheiros de verdade (e não químicos – o que demonstra enorme respeito para quem vai passar os dois dias curtindo), além de estacionamento coberto no local, inclusive com serviço de manobristas – por sinal, muito legal a iniciativa de se arrecadar alimentos para doação na entrada do evento. O espaço era enorme e, talvez tenha sido escolhido esperando-se uma visitação muito maior do que a que pudemos notar durante nossa presença, dando, por vezes, a impressão de um “enorme vazio” em certas partes dos dois andares pelo qual o evento se instalou. Acho que a organização ainda pecou um pouco com relação as opções de alimentação gordo mode on (convenhamos, nos dias de hoje, quiosques que aceitam somente dinheirovivo” é um tanto quanto antiquado… embora eu entenda completamente a ótica capitalista da não utilização de cartões e todo o drama das taxas pagas as administradoras dos mesmos).

Logo de cara já éramos recepcionados por duas réplicas em tamanho real, uma do “Mach 5” da saudosa série “Speed Racer” e outra do “Batmóvel” da série clássica da década de 1.960 do “Homem-Morcego” – comparem o tamanho dos carros com o espaço a sua volta, daí já pra termos uma boa noção do espaço.

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (2)ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (1)ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (10)ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (12)

Legal também, foi poder ver que um evento desse gênero começa a ganhar expressividade e apoio de empresas que não são envolvidas diretamente, como a Viber (as perguntas aos palestrantes eram feitas em tempo real por meio do aplicativoputa sacada legal!) e o Banco do Brasil, esse tipo de apoio é extremamente válido e quem ganha, no fim, somos nós que vamos prestigiarconvenção.

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (59)ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (57)

Como o próprio nome diz, o evento é uma “Comic Con” ou seja, uma “Convenção de Quadrinhos“. Então, nada mais natural que encontrar a presença de uma dezena de editoras especializadas nas publicações, bem como de artistas (famosos ou nem tão famososainda – no Beco dos Artistas). O acesso aos artistas era fácil e tranquilo, deixando qualquer “fanboyfeliz da vida. Ahhh e é claro, workshops rolando pra galera trocar experiências e melhorar sua técnica.

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (25)

Editora Draco marcando forte sua presença como sempre!

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (42)

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (50)

Pasquale Del Vecchio – Ilustrador dos quadrinhos “Tex” distribuindo autógrafos para galera!

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (45) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (49) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (53)ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (72)

O número de Cosplayers estava consideravelmente menor quando comparado ao Anime Friends, mas eles estavam , pode ter certeza! Menção honrosa para o BatmanAttention Whore” que quis sair em todas as fotos

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (109)

Gordo idealizador da ToyReview e seu corte de cabelo igual do R2D2!

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (66) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (104) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (112) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (122) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (141)

Como já ficou consagrado em outras edições, vários fã-clubes aproveitaram o evento para expor parte de seus acervosHarry Potter, Star Trek, Dr. Who, Game of Thrones, 007, Comandos em Ação, Conselho Jedi

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (93) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (96) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (99) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (101) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (123) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (126) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (129) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (133)

Os grandes convidados…

O grande atrativo de eventos desse porte é sempre a presença de convidados famosos, seja para palestras, apresentações temáticas, shows e o line-up da Brasil Comic Con 2014 prometia… mas, infelizmente, contratempos trouxeram o cancelamento de alguns daqueles que seriam o grande diferencial para atrair o público ao evento – e aqui estamos falando de Cassandra Peterson, vulgo Elvira, Alfonso Ribeiro – mais conhecido como Carlton Banks do seriado “Um Maluco no Pedaço” e a belíssima cosplayer, Yaya Han. No entanto, outras atrações compareceram e abrilhantaram os dois dias de evento, como Paul Zaloom (Beakman) que fez uma apresentação sensacional e cheia de humor, Takumi Tsutsui (Jiraiya) um velho conhecido do público brasileiro em sua quinta vinda ao país – com direito a sessão de tortura cantando ao lado do Yudi, Sylvester McCoy (ator que interpretou Radagast e Doctor Who), James O’Barr (Ilustrador e Criador do personagem o Corvo) que brincou com a plateia e disse que era um “americano estranho e assustador“, a sexy cosplayer Ana Bertola, David Gorder (produtor dos filmes X-Men e Quarteto Fantástico), Irmãos Piologo, Família Lima, dentre outros…

ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (78) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (85) ToyReview.com.br_Brasil_Comic_Con_2014 (174)

 O que aprendemos (e não foi com o Beakman)…

  • Que é mais do que óbvio que existe demanda para eventos desse porte e com esse foco aqui no Brasil (e o evento foi sensacional, mas ainda apresenta, em muito, um “ranço” de Anime Friends);
  • Que as vezes, desencontros acontecem: de agenda (o cancelamento da vinda das principais atrações) e da vida (com o falecimento de um dos que seriam mais do que homenageados, Deodato Borgespai de Mike Deodato e criador do personagem Flama). É preciso manter a cabeça erguida e seguir em frente, foi exatamente o que a Yamato fez;
  • Que organizar é preciso (e de preferências, antes de ter todo mundosentado). No espaço onde rolavam as palestras, visitantes tiveram que ser manejados as pressas e a contragosto, para a montagem do espaço da área reservada aos “VIP” do Beakman. Até que não houve muita confusão, mas isso gerou um atraso de mais de meia hora na apresentação do Paul Zaloom;
  • Que parece que a concorrência vai ser grande e, caso a Brasil Comic Con não aumente seus esforços, pode estar fadada a ser engolida pela Comic Con Experience.

 Façam as suas apostas!

Galeria de Imagens

 

Leave a reply