Livros, livros por toda parte!

E fomos conferir hoje, 30/08/2014, como está sendo a 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que está acontecendo este no Anhembi, e posso dizer: Está GIGANTE!

Sim, a nossa querida feira, que desde 2010 a CBL vem organizando o evento  em parceria com a Alcântara Machado, o que vem gerando um crescimento espantoso, e isso é excelente. Por que digo isso? Porque um evento dessas proporções atrai não só aqueles interessados em conhecer os lançamentos das editoras ou buscando por pechinchas, mas também uma grande quantidade de autores nacionais como Milton Hatoum e Eduardo Spohr, como autores internacionais, vide a presença de Ken Follett.

_MG_1738

Nosso querido Ziraldo.

A Bienal está imensa, e democrática também, temos de mega editoras com stands estroboscópicos até pequenos espaços 3×3 de editoras pequenas. Tem leitura e entretenimento para todos os gostos, inclusive pontos inusitados, como um a Editora Ler Angola, que traz obras do referido país para a Bienal.

Eduardo Spohr, durante bate-papo com o público. Excelente momento deste sábado.

Eduardo Spohr, durante bate-papo com o público. Excelente momento deste sábado.

Algo que senti muito atraente nesta edição foram as palestras. A todo momento alguma palestra estava acontecendo, seja para discutir sobre livros de receitas até o processo de criação de histórias. Realmente dá pra usufluir por horas de todas as atrações que a Bienal disponibilizou para seu público. Meu único ponto negativo ficou para as filas, visto que para se comprar o ingresso pode-se gastar até duas horas na fila, mas isso se resolve se comprar o ingresso antecipadamente pela internet. Para maiores informações sobre a programação e ingressos, segue o link do site da Bienal.

Link da Bienal

Link da Bienal

Well, saldo positivíssimo para a Bienal, agora aguardar até 2016.

 

Leave a reply